Etapa Presencial – Curso Fundamentos para o desenvolvimento de boas práticas gerenciais

ORIENTAÇÕES PARA O FÓRUM DE DISCUSSÃO DO PAINEL DE BOAS PRÁTICAS E ALTERAÇÃO DE DATAS DE ENCERRAMENTO DO FÓRUM EAD

“CURSO FUNDAMENTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS”

De ordem do Excelentíssimo Segundo Vice-Presidente do TJMG e Superintendente da EJEF, Desembargador Wagner Wilson Ferreira, seguem as orientações para o fórum de discussão, na plataforma a distância da EJEF, do Painel de Boas Práticas integrante do “Curso Fundamentos para o Desenvolvimento de Boas Práticas Gerenciais” – Programa de Desenvolvimento Gerencial – PDG, conforme exposto abaixo:

1 – INFORMAÇÕES:
1.1. PERÍODO E ORIENTAÇÕES PARA POSTAGEM E DISCUSSÃO DAS BOAS PRÁTICAS: 21 a 29 de março de 2017.
1.2. Os participantes deverão acessar a plataforma de educação a distância da EJEF, no período de 21 a 29 de março de 2017, para apresentar, analisar e debater, nos grupos de discussão, com o auxílio do mediador, práticas de gestão já implementadas pelos participantes ou projetos que pretendem implementar em suas unidades de trabalho e que visem à maior eficiência operacional/administrativa, relativa à área-meio do TJMG, ou à maior eficiência cartorária/judiciária, relativa à área-fim do TJMG.
1.3. As práticas de gestão a serem postadas pelos participantes no fórum de discussão deverão abranger os seguintes itens em sua descrição:
1.3.1. – Identificação da Boa Prática: Colocar o nome ou sigla, se houver.
1.3.2. – Em qual área temática se classifica a prática? ( ) Área-meio do TJMG, ( ) Área-fim do TJMG.
1.3.3. – Local (Comarca e setor) em que foi ou será implementada.
1.3.4. – Resumo da Prática: Redigir uma síntese da prática/projeto. Estruturar o texto de maneira que o leitor seja estimulado a conhecer mais sobre a prática/projeto. Este resumo será transportado para um painel (pôster/banner) a ser exposto na atividade do PDG do dia 17/04/2017.
1.3.5. – Resultados alcançados ou esperados: Descrever preferencialmente item a item. Lembrar que os resultados alcançados ou a serem alcançados devem manter/guardar relação com a situação problema. Se possível apresentar informações/dados comparativos do “antes e depois” da aplicação da prática.
1.3.6. – Identificação do Executor e/ou criador: nome, comarca, setor de lotação, cargo/função, telefone e e-mail.

2 – PERÍODO E ORIENTAÇÕES PARA A ELEIÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS NO FÓRUM DE DISCUSSÃO: 30 de março a 02 de abril de 2017.
2.1. No período de 30 de março a 02 abril de 2017, cada participante, com os seus mediadores, indicarão, no fórum de discussão disponível na plataforma a distância do Curso Fundamentos para o Desenvolvimento de Boas Práticas Gerenciais, a prática/projeto que deverá ser exposta por meio de um painel (pôster/banner) na atividade do PDG do dia 17/04/2017, no Hotel Dayrell, Rua Espírito Santo, 901, Centro, no horário de 8h das 12h.
2.2. Considerando que haverá 10 grupos de discussão, no ambiente a distância, serão indicadas até 10 práticas que estarão expostas no Painel Presencial.

3 – PERÍODO E ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DAS PRÁTICAS ESCOLHIDAS, NO FÓRUM DE DISCUSSÃO: 03 e 04 de abril de 2017.
3.1. Nos dias 03 e 04 de abril, os participantes das boas práticas eleitas deverão preencher o formulário, contendo as informações abaixo e postar o arquivo no ambiente do curso, na plataforma a distância da EJEF.
3.1.1. Identificação da Boa Prática: Colocar o nome ou sigla, se houver.
3.1.2. Início:__/__ (mês/ano), término:__/__(mês/ano), ( ) em andamento (caso a prática ainda esteja sendo desenvolvida), ( )a ser implementada (caso a prática ainda não esteja sendo desenvolvida)
3.1.3. Parceiros: Indicar a(s) entidade(s) parceira(s), identificando nome(s) e sigla(s), se houver (parceiro é aquela entidade que está em parceria – “relação de colaboração com vistas à realização de um objetivo comum com a entidade executora, mas não é diretamente responsável pelo cumprimento do plano de trabalho/desenvolvimento da prática; pode ser entidade que aporte recursos financeiros ou tecnologia etc.).
3.1.4. – Caso haja parceiro(s), este(s) foi(ram) informado(s) sobre o envio da prática? ( ) Sim, ( ) Não.
3.1.5. – Em qual área temática se classifica a prática? ( ) Área-meio do TJMG, ( ) Área-fim do TJMG.
3.1.6. – Local (Comarca e setor) em que foi ou será implementada.
3.1.7. – Público-alvo atingido ou a ser atingido.
3.1.8. – Antecedentes: Relatar a situação anterior ao desenvolvimento e/ou implantação da prática, descrevendo qual a situação, qual o problema e/ou necessidade que levou ao projeto e/ou implantação da prática. Como surgiu a ideia? Quem, quais atores participaram de sua concepção? Apresentar de forma resumida a origem do processo.
3.1.9. – Objetivo geral: Objetivos são os alvos que a prática pretendeu alcançar; as situações que pretendeu atingir. Como se trata de objetivo geral, seu caráter é mais amplo, qualitativo, refletindo as prioridades estratégicas da prática. Se houver objetivos específicos, incluir como subitem.
3.1.10. Resumo da Prática: Redigir uma síntese da prática/projeto. Estruturar o texto de maneira que o leitor seja estimulado a conhecer mais sobre a prática/projeto. Este resumo será transportado para um painel (pôster/banner) a ser exposto na atividade do PDG do dia 17/04/2017.
3.1.11. Resultados alcançados ou esperados: Descrever preferencialmente item a item. Lembrar que os resultados alcançados ou a serem alcançados devem manter/guardar relação com a situação problema prevista no item “Antecedentes”. Se possível apresentar informações/dados comparativos do “antes e depois” da aplicação da prática.
3.1.12. Recursos utilizados: Listar a equipe necessária (quantidade e qualificação/formação); infraestrutura (conjunto de instalações, área necessária etc.); equipamentos (computadores etc.), entre outros.
3.1.13. Quais as lições aprendidas com a implantação desta prática? Liste os fatores que contribuíram para o sucesso da prática e os entraves identificados no processo. Por que deve ser reconhecida como uma boa prática? Diante de todo o trabalho desenvolvido, o que foi aprendido? Descreva quais fatores contribuíram para o sucesso da prática (por exemplo, a metodologia adotada, o objetivo bem definido, um diagnóstico bem trabalhado). Quais foram as principais dificuldades encontradas? Por que considera que esta prática deva ser reconhecida como boa prática? Houve transformações tangíveis tais como mudanças na realidade local, inovação, alcance pleno dos resultados esperados?
3.1.14. Originalidade: esta prática/projeto foi concebida pelo executor que a apresenta? ( ) Sim ( ) Não. Caso a prática/projeto não tenha sido concebida pelo executor que a apresenta, indicar sua origem. Se inspirada em alguma prática já existente, tendo sido feitas adaptações e/ou melhorias, indicar a origem do conhecimento/inspiração sobre a prática/projeto.
3.1.15. Identificação do Executor e/ou criador: nome, comarca, setor de lotação, cargo/função, telefone e e-mail.
3.2. Todos os itens descritos no item 3 deste edital deverão ser apresentados, no máximo, em 2 laudas, tamanho A4, digitadas em fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5, justificado, e com margens de 3 cm.
3.3 – Os itens descritos no tópico 1.3 deste edital constarão no painel (pôster/banner) a ser confeccionado pela EJEF em parceria com a ASCOM.

4 – CERTIFICAÇÃO DO CURSO FUNDAMENTOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS: Para obter a certificação no curso em pauta é necessária a pontuação mínima de 70% dos 100 pontos distribuídos entre freqüência e participação nos fóruns, conforme abaixo especificado.
4.1 – Frequência nas 4 palestras – 10 pontos em cada palestra;
4.2 – Participação nos 4 primeiros fóruns de discussão – 5 pontos para cada fórum;
4.3 – Participação no fórum de discussão relativo ao Painel de Boas Práticas – 20 pontos,
4.4 – Frequência no Painel de Boas Práticas (dia 17/04/2017) – 20 pontos.

5 – Não serão concedidos pagamentos de diárias e ressarcimento de despesas e indenização com transporte.

6 – INFORMAÇÕES: Coordenação de Formação Permanente da Capital – COFOP (31) 3247-8710.

convitevirtual_palestra_Boas práticas gerenciais- 17-03