Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho – TJMG – 16ª turma

Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho – TJMG – 16ª turma
Modalidade: a distância

CONVOCAÇÃO

Segunda retificação na lista de convocados

De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador Gilson Soares Lemes, Presidente do TJMG, e do Excelentíssimo Senhor Desembargador Tiago Pinto, Segundo Vice-Presidente do TJMG e Superintendente da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes, comunicamos que estão convocados para o Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho – TJMG – 16ª turma, na modalidade a distância, conforme abaixo especificado:

1. PÚBLICO AO QUAL SE DESTINA: servidores indicados para a modalidade de teletrabalho e seus respectivos gestores imediatos, conforme listagem ao final deste edital.
2. OBJETIVOS: ao final do curso, espera-se que gestores e servidores sejam capazes de atuar no regime de teletrabalho de acordo os princípios normativos vigentes, com organização e eficiência, preservando as boas relações de trabalho.

3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
UNIDADE 1- Teletrabalho: possibilidades e desafios
• Expectativas em relação ao teletrabalho.
• Aspectos psicossociais do teletrabalho.
• Competências essenciais para o alcance de bons resultados.
• A importância do planejamento e da administração do tempo.
• Qualidade de vida e vida de qualidade.
UNIDADE 2 – O teletrabalho no novo paradigma das relações de trabalho
• O paradigma clássico e o paradigma contemporâneo da organização do trabalho.
• Impactos da mudança de paradigmas nas relações de trabalho.
• O teletrabalho como ferramenta de gestão de pessoas.
• Princípios da gestão de pessoas.
• Liderança
• Identificação do perfil do teletrabalhador no novo paradigma.
• Importância de cuidar da significância do trabalho.
UNIDADE 3 – O Teletrabalho no TJMG
• Objetivo principal do teletrabalho.
• O teletrabalho no Poder Judiciário e no TJMG.
• Atos normativos referentes ao teletrabalho.
• Cartilha sobre o Projeto Experimental do Teletrabalho – TJMG
UNIDADE 4 – Requisitos tecnológicos para o teletrabalho
UNIDADE 5 – Noções de Ergonomia para montagem do home-office
• Normas e parâmetros que dão subsídio ao servidor para que o seu ambiente de trabalho, mobiliário e equipamentos possam estar de acordo com a atividade a ser realizada.
• Noções sobre organização do trabalho.
• A importância da ginástica laboral.
UNIDADE 6 – Elaboração do Plano de Trabalho
• Elaboração do plano de trabalho.
UNIDADE 7 – Aspectos dos sistemas informatizados para a prática do teletrabalho.
Módulo PJE; Módulo SEEU; Módulo JPe Cartórios; JPe DIRSUP; Módulo SEI.
O participante deverá cursar somente o sistema utilizado em seu setor de lotação.

4. METODOLOGIA: Integralmente baseada na utilização da Internet e autoinstrucional – isto é, o estudante, por meio da Internet acessa o ambiente virtual do curso e realiza, por si mesmo, o percurso de aprendizagem, sem a orientação de tutores. A proposta pedagógica combina vídeos, textos e exercícios.
4.1. Após concluir o conteúdo comum a todos os alunos no ambiente virtual do Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho no TJMG, o estudante deverá obrigatoriamente escolher o módulo de sistema informatizado – Unidade 7 (PJe, SEEU, Jpe Cartórios, Jpe Dirsup ou SEI) utilizado em seu setor de lotação para completar seus estudos (sendo necessário proceder um novo pedido de inscrição – ver item “PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR A INSCRIÇÃO”.
4.2. Para o acompanhamento do curso é necessário que o estudante conheça previamente algumas condições importantes, comprometendo-se a cumpri-las:
4.2.1 Ter disponibilidade para participar do curso no período;
4.2.2. Ler todo o conteúdo do curso e realizar as atividades propostas de acordo com o cronograma, evitando o acúmulo de tarefas;
4.2.3. Consultar, com frequência, o e-mail cadastrado no sistema, para verificar avisos de publicações, alertas, dentre outros.

5. PERÍODO DO CURSO: 25 de novembro de 2020 a 14 de janeiro de 2021
(o ambiente do curso estará acessível a partir das 14h do dia 25/11/2020 e será encerrado às 23h55m do dia 14/01/2020)

6. NÚMERO DE VAGAS: 129

7. CARGA HORÁRIA: conforme especificado na listagem abaixo.

8. PERÍODO DE INSCRIÇÕES: de 17/11/2020 (terça-feira) a 03/12/2020 (quinta-feira). (As inscrições serão abertas a partir das 8h do dia 17/11/2020 e encerradas às 8h do dia 03/12/2020).

9. PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR A INSCRIÇÃO:
O participante deverá:
9.1. Acessar o endereço http://siga.tjmg.jus.br/mod/inscricoes;
9.2. Na página de inscrições, localizar o nome do curso e depois, clicar em “INSCRIÇÕES ABERTAS – CLIQUE AQUI”;
9.3. Em seguida, preencher ou atualizar, no formulário, seus dados de cadastro. Por fim, clicar no botão “Enviar o pedido de inscrição”;
9.4. Os campos CPF e senha, preenchidos durante o procedimento de inscrição, serão utilizados, respectivamente, para “login” e “senha”, devendo ser anotados pelo candidato, como forma de lembrete. Caso o candidato necessite atualizar a senha, deverá acessar o site http://siga.tjmg.jus.br e clicar no link “Cadastro”, presente no menu do topo da página.
9.5. Mesmo tendo sido convocado(a), o(a) servidor(a) deverá realizar sua inscrição.
9.6. Finalizado os estudos no ambiente virtual de aprendizagem – AVA relativos ao conteúdo comum a todos os alunos do Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho no TJMG, com nota suficiente para aprovação, será disponibilizado, no próprio AVA, na seção Módulo Sistemas – Aspectos dos sistemas informatizados para a prática do Teletrabalho, os links para formulário de inscrição para cada um dos sistemas informatizados (Pje, SEEU, Jpe Cartórios, Jpe Dirsup ou SEI).
9.6.1. O estudante deverá obrigatoriamente fazer o pedido de inscrição no sistema utilizado em seu setor de lotação;
9.6.2. Ao clicar no link do sistema escolhido, o estudante será direcionado ao formulário de inscrição e deverá proceder conforme o item 9.3 acima.
9.6.3. O pedido será validado e a inscrição efetivada em até 1 (um) dia útil.

Para se inscrever no Curso Básico Preparatório para participação no projeto experimental do teletrabalho (20hs), clique aqui:  CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Para se inscrever no Oficina de Plano de Trabalho do Curso de Teletrabalho (1h30), clique aqui:  CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO

10. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO:
10.1 As vagas serão preenchidas de acordo com as listas dos servidores convocados, conforme listagem abaixo.
10.2 Serão excluídas:
• Inscrições daqueles que compartilharem o mesmo endereço de e-mail. O endereço pode ser do TJMG (@tjmg.jus.br), mas é obrigatório que este e-mail institucional seja individual e de uso exclusivo do estudante;
• Inscrições daqueles que não pertencerem ao público descrito no item 1.
10.3 Os resultados dos pedidos de inscrição poderão ser verificados no http://www.ead.tjmg.jus.br/siga/mod/paineldoestudante.php, a partir do dia 24/11/2020, após às 18h.

11. ACESSO AO CURSO: O curso será oferecido por meio da Internet, pelo endereço http://www.siga.tjmg.jus.br.
11.1 Para acesso ao ambiente virtual do curso é necessário seguir as etapas:
11.2 Clicar no ícone “Painel do Estudante” e inserir seu CPF (11 algarismos, sem separadores e espaços);
11.3 Clicar o curso pretendido e digitar seu login (os 11 algarismos do CPF) e a senha, tais como definidos na ocasião do preenchimento do formulário de inscrição.

12. PRÉ-REQUISITOS TECNOLÓGICOS:
12.1 Possuir ou ter acesso a um computador multimídia, capaz de reproduzir áudios e vídeos;
12.2 Acesso à Internet, com velocidade mínima de conexão de 256 kbps;
12.3 Possuir endereço de correio eletrônico (e-mail) válido e atual; o e-mail deverá ser de uso exclusivo do estudante e consultado, preferencialmente, diariamente;
12.4 Sistema Operacional e Navegador de Internet atualizados: Adobe Flash Player, Adobe Acrobat Reader e Windows Media Player instalados e atualizados.

13. IMPOSSIBILIDADE DE PARTICIPAÇÃO DOS SERVIDORES CONVOCADOS
13.1 A impossibilidade de participação de convocado à ação educacional deverá ser justificada, até o dia 23 de novembro de 2020, por meio do endereço eletrônico: devendo ser informado o motivo da não participação.
13.2 Informa-se que nos termos do art. 21-A, §4º da Resolução nº 367, de 25 de abril de 2001, conforme redação dada pela Resolução nº 822, de 16 de junho de 2016, o servidor que não obtiver a certificação na ação de formação para a qual for convocado perderá o direito à progressão e às promoções horizontal e vertical, institutos de desenvolvimento na carreira. O dispositivo citado segue transcrito:
Art. 21-A A Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes – EJEF convocará o servidor para participar de ação de formação, que será considerada para fins de desenvolvimento na carreira.
§ 1º As ações de formação a que se refere o “caput” deste artigo são as destinadas:
I – à formação inicial;
II – ao aprimoramento para o exercício de suas funções;
III – à capacitação para o exercício das atribuições estabelecidas para as classes subsequentes de sua carreira.
§ 2º A frequência do servidor não será exigida em caso de afastamento previsto em lei ou regulamento ou de dispensa concedida formalmente pela EJEF.
§ 3º Além da convocação individual do servidor, a EJEF divulgará no Diário do Judiciário eletrônico – DJe e no Portal TJMG os cursos de que trata este artigo.
§ 4º O servidor convocado pela EJEF e que não obtiver a certificação na ação de formação, fora das hipóteses previstas no § 2º deste artigo, perderá o direito à progressão e às promoções horizontal e vertical, na forma dos artigos 23, 25 e 28 desta Resolução.
§ 5º As hipóteses de dispensa da ação de formação, de que trata o § 2º deste artigo, constam de ato normativo próprio.
13.3 Cientifica-se, ainda, que nos termos do art. 8º, § 5º da Portaria Conjunta nº 360, de 30 de junho de 2014, o servidor que não apresentar justificativa ou que não obtiver o deferimento ficará impedido de participar de outras ações educacionais, nos seguintes termos:
Art. 8º-A convocação referida no inciso I do art. 7º será direcionada ao servidor ou ao seu superior hierárquico, sendo obrigatório o comparecimento do convocado.
(…)
5º-Caso a justificativa não seja apresentada ou não seja deferida, o servidor ficará impedido de participar de outras ações educacionais pelo prazo de seis meses, a contar da data do término da atividade educacional na qual não compareceu, ressalvada a possibilidade de sua convocação para ações educacionais, por necessidade ou conveniência da Administração
13.4 A impossibilidade de participação em razão de afastamento previsto em lei ou regulamento deverá ser igualmente informada pelo canal de comunicação citado no item 13.1.
13.5 Excepcionalmente, no caso de não participação por motivo imprevisível, a justificativa poderá ser enviada na data de ocorrência do evento que impossibilitar a participação na ação, mesmo que se dê após o prazo referido.
14. CERTIFICAÇÃO:

14.1 Para obtenção do certificado da EJEF, o estudante deverá atingir, no mínimo, 70% (setenta por cento) de aproveitamento no total de pontos distribuídos durante o curso.
14.2 O estudante será considerado aprovado no Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho se obtiver as duas certificações, uma vez que são obrigatórias:
• Curso Preparatório para Participação no Projeto Experimental do Teletrabalho no TJMG;
• Módulo de sistema informatizado (PJe, SEEU, Jpe Cartórios, Jpe Dirsup ou SEI).

14.3 Tendo concluído seus estudos no ambiente virtual do curso, o estudante deverá emitir seu próprio certificado de participação, clicando no botão “Gerar certificado” que estará disponibilizado na seção “Encerramento” do curso. Após esta etapa, o certificado poderá ser acessado, a qualquer tempo, no endereço www.siga.tjmg.jus.br por meio dos links “Painel do Estudante” ou “Certificados virtuais”.

15. AVALIAÇÃO DE REAÇÃO: Ao final do curso o estudante apontará o seu grau de satisfação com relação ao tema, carga horária, aplicabilidade dos conhecimentos adquiridos, ambiente de treinamento, dentre outros
16. UTILIZAÇÃO DO MATERIAL DO CURSO: A utilização e impressão dos materiais do curso somente serão permitidas para uso pessoal do estudante, visando a facilitar o aprendizado dos temas tratados, sendo proibida sua reprodução e distribuição sem prévia autorização da EJEF.
17. COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA: Coordenação de Formação Permanente do Interior – COFINT.
18. PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO: Coordenação de Planejamento e Desenvolvimento Pedagógico (COPED).
19. DESENHO INSTRUCIONAL E SUPORTE TÉCNICO: Central de Tecnologia para Educação e Informação (CETEC) / Núcleo de Educação a Distância: http://www.ead.tjmg.jus.br/faleconosco – Telefones: (31) 3247-8990 / 8829 / 8825 no horário de funcionamento do TJMG.
20. AUTORIA DO CONTEÚDO: Alexandre Duarte Sales, Eduardo Toscano Tavares, Eugênio Zulmir Penno, Fernanda Mariana Mendes, Gislêne Sousa Salomão, Inah Maria Szerman Rezende, Jussara Maria Canuto de Aquino, Luciana Alves Drumond Almeida, Marcos Henrique de Oliveira, Maria Inêz Rabelo Luz Cavalcanti de Albuquerque, Marília Miranda de Almeida, Thiago Kamon Macedo Monteiro de Castro Hyodo e Victor Thiago de Aguiar.
21. ESTIMATIVA DO MONTANTE DA DESPESA: R$ 0,00
22. ORIGEM DA RECEITA: TJMG.
23. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
23.1 Esclarecimentos sobre a organização do curso, convocação e justificativas: Coordenação de Formação Permanente do Interior (COFINT) – e-mail:
23.2 Esclarecimentos sobre o acesso e a utilização do ambiente virtual do curso: Central de Tecnologia para Educação e Informação (CETEC) – http://siga.tjmg.jus.br/mod/faleconosco/ Telefones: (31) 3247-8429/8829/ 8825.

Clique aqui e veja a lista de convocados